O Milagre

O Milagre
André Chouraqui, um judeu nascido na Argélia em 1917, escritor premiado, reconhecido linguísta e tradutor de vários livros (incluindo a Bíblia e o Corão), falecido em Jerusalém no dia 08 de Julho de 2007, escreveu o seguinte no prefácio da sua tradução a Bíblia:

Se um autor vindo de um província perdida no meio de um continente desconhecido, chegasse a um editor com um manuscrito escrito em uma língua misteriosa, e anunciasse que sua obra seria traduzida em milhares de idiomas e dialetos; seria lida por dois milênios por centenas de milhões de pessoas de todos os continentes em todas as nações da terra; inspiraria a fundação de três religiões universais (judaísmo, cristianismo e o islamismo) além de milhares de confissões e seitas;
dissesse que sua obra provocaria revoluções e guerras, e ao mesmo tempo suscitaria com a mesma intensidade entregas místicas e heroísmos nunca vistos; que sua obra dois ou três milênios após ter sido escrita continuaria a ser vendida em todo o mercado editorial do mundo com edições de milhões de exemplares por ano, e que enfim, uma enorme parte da humanidade veria nela um último recurso e sua única esperança de salvação…
Dissesse ainda que sua obra fora escrita por Deus através de 40 autores diferentes, que não necessariamente foram contemporâneos entre sí, pois escreveram o texto num período aproximado de tempo de 1500 anos, e que a sua obra é a compilação de 66 livros… é preciso dizer como ele seria recebido?. (…)

É, no entanto, esta impossível aposta que a Bíblia realiza no campo do pensamento e de sua transmissão que, de fato, superou todos os limites de espaço e venceu todo o tempo. Este livro de Israel escrito em hebraico, aramaico e em grego – Novo Testamento, não surpreende apenas pela universidade e pela longevidade de sua carreira: o que faz mais ainda, (…) ao falar ao homem de todas as idades, em todas as línguas, em todos os seus níveis de consciência e de cultura.

Se um milagre é o que torna real o impossível, estamos diante de um milagre no campo da comunicação universal.

Eu creio neste milagre.
Baiano, casado com uma mineira e pai de três filhos, Adriano é missionário de Jovens Com Uma Missão.

1 Comentário

  1. rodrigo 3 anos atrás

    Eu também! e não é algo que já aconteceu. Está acontecendo. É vivo…
    Deus usa as coisas que não são, para reduzir a nada as que são.
    Começo pequeno, humilde. Como a semente de mostarda.
    Agora, árvore frondosa que estende seus ramos e raízes para toda a parte, trazendo a vida e sustentação. Essa é a Bíblia.

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*